Arquivo | Personagens RSS feed for this section

Jarcisley em 3D

19 jan

Esta é a cabeça de Jarcisley, modelada no Zbrush. O vídeo mostra o processo de criação da cabeça (que ainda está em progresso).

Anúncios

Bárbara em dois momentos de sua vida profissional

20 jul

Bárbara dando duro no escritório do dr. Geraldo, ganhando meio salário mínimo por mês:

Abaixo, Bárbara no ponto e ganhando um salário mínimo por hora:

19 jul

Jorge:

Barbara trabalhando

17 jul

 

Este é um vídeo que fiz, de captura da minha tela, enquanto estava desenhando no Photoshop. É uma cena de Bárbara no trabalho, ou se preparando para trabalhar.

Jarcisley

28 set

Quando falei pro Cedraz o nome do personagem, ele me deu logo uma bronca: “mas que mania de colocar nome estrangeiro!”, daí eu retruquei logo: “esses são os nomes que as crianças ganham na periferia”. O pessoal é criativo e não quer saber de nome repetido, por isso inventam.
Minha filha, por exemplo, se chama Luísa. Dá pra ver que eu não sou criativo o suficiente para inventar um nome como Jarcisley, por isso copiei de um conhecido. O que não deixa de ser uma grande sacanagem, por que a mãe do cara deve ter tido o maior trabalhão para inventar e agora eu venho e faço o cara deixar de ser um único Jarcisley da face da Terra.
PS1: o Jarcisley original é um cara muito gente-boa e, em comum, só tem o nome do Jarcisley personagem, que é um grande de um mal caráter.

PS2: o Cedraz acabou concordando comigo e ainda contou o causo da menina do interior da Bahia chamada Jennifer. O que eu não vou contar, por que só tem graça ouvindo da boca dele.

PS3: Mas ainda assim não chamou ele de Jarcisley, se referindo apenas como o menino sarará.
Na ilustração, o esboço do personagem na infância, pelo Cedraz.
28 set

A personagem nem deveria se chamar Bárbara, mas quando ela nem ainda tinha um nome eu me referia a ela como Bárbara nos roteiros.
A referência vem dos orixás: Jorge seria Oxóssi e Bárbara, Iansã: Santa Bárbara no sincretismo.
Nas ilustrações, ela pelo traço do Leal.
28 set

Quando eu passei a descrição da Bárbara para o André, a primeira coisa que eu destaquei é que seria uma mulher sensual e de personalidade forte. E é exatamente isso que ele passou com seu traço. Certa vez mostrei para um amigo um esboço e ele disse: “essa mulher tem jeito de ser brava”. Pois é … ela é brava mesmo!