Bárbara

Era bela, muito bela, era a mais bela mulher do mundo. Como Iansã, evoca por seus movimentos sinuosos as tempestades e os ventos. Uma mulher audaciosa, poderosa e autoritária. Pode ser fiel e de lealdade absoluta em certas circunstâncias mas, em outros momentos, quando contrariados em seus projetos, é capaz de se levar à manifestações de cólera e impulsividade.

(Adaptado de: Lendas Africanas do Orixás. Pierre Verger / Caribé. Salvador: Editora Corrupio).

Este slideshow necessita de JavaScript.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: